terça-feira, março 1

Praiá, pracá, pralá! Mário, o aprendiz viajante

O gravador Presto Recorder: registros essenciais em acetato
Em meados dos anos 90, ainda 'menino' na universidade, acompanhei um seminário na Federal da Paraíba sobre a cruzada de Mário de Andrade por seis estados brasileiros e sua missão de pesquisar as expressões culturais populares do 'país profundo' em 1938. 


Na época, assisti ao filme de Eduardo Escorel mas desconhecia a edição realizada posteriormente com o material audiovisual da missão e exibida na TV.


O filme a seguir narra, cronologicamente, o percurso da caravana entre Pernambuco e Pará. São registros das expressões da cultura popular no seu lugar, aproveitando o período carnavalesco. Neste conjunto, surpreendeu-me as cenas gravadas na Praia de Tambaú e na Torrelândia (hoje, apenas Torre), pois revelam identidades múltiplas na capital paraibana - que só de João não tem nada, sendo sim muito mais que uma Pessoa só!


O acervo incrível da missão folclórica, já nomeado para ser "memória do mundo" pela UNESCO, é composto por anotações de campo, filmes, fotos e gravações sonoras, tem gerado uma infinidade de pesquisas ao longo das décadas - e, claro, remixes! Afinal, a cultura digital está ai pra isso mesmo e a liberdade para recriar é o que tem garantido fôlego à cultura contemporânea. 


O personagem real-ficcional Chico Antônio, cantador potiguar cuja referência aparece em produções literárias de Mário de Andrade após um encontro no final dos anos 20, é emblemático do período de pesquisas do autor pelas raízes de uma 'brasilidade', mas não aparece no filme. Essa é mesmo uma outra história das viagens do Mário aprendiz - que, de turista, só mesmo o chapéu que sempre carregava. 

2 comentários:

Rachel disse...

Mário de Andrade nunca foi tão atual como 'agora'... lindo post querido!
bj

Anônimo disse...

Opa, Amigo!

Somos do Café com C&C, e estamos aqui para dar uma conferida no teu blog!
Pedimos que continue de olhos nas novidades do Café com C&C. Continue conferindo que muita coisa virá!

Abraços,

Café com C&C
http://www.cafecomcec.wordpress.com